Buscar
  • LaHibrid

As ideia que o corona dá na cabeça - conversas da zuba (Parte II)

Luiza Ribeiro da Silva

Terapeuta Ocupacional – São Paulo.



Inté peço desculpas aos amigo, mas nas últimas semanas tô conversando pa caramba...é marruma das esquisitice do vírus. Dono do tempo, tem bagunçado a gente numas vontade, e um dos sintoma que deu nimim foi justamente o de botá pa fora um monte de acontecido.


Agora memo, veja oceis, tem um tanto de projeto suspenso num varal que cruza o mundo todo. Daqui até ali, tem tudo que é tipo de gente pensando num amanhã que num chega nunca.


E é num cenário de reticência que vi o hoje saltá diante dos meu zói, e chegô foi com fortes exclamação.


A tarde vei com adrenalina. Ela, a muié que num falava, além de tá fuxicano mai que a matraca véia, inda deu de sê grossa. É preciso dar um jeito nisso, ês dissero...


Eu ri uma risada boa. Daquelas que nois costumava dá em março, quando juntava braço com braço e pé com pé em qualqué embaraço gostoso de corpo solto no mundo.


É de humano pa humano que as novidade da vida ganha bri no zói da gente...


Respondi no memo tom de euforia que, finalmente, a muié tava era aprendendo a conversar. No auge de seus 53 anos, além de falá, inda incomodava. Um salto enorme em qualqué livro de autonomia.


Num se assuste pouco pa tanto.


O presente num tá morto, ele só tá aconteceno duns jeito mei diferente...

0 visualização

2020. COVID19.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now